Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31) 9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Devo deixar minha calopsita voando?

Ter uma calopsita é uma ótima opção para aqueles que buscam um pet companheiro. Essa ave geralmente é dócil, desde que criada próxima ao seu dono desde sempre e também é muito dependente. 

Em média elas vivem cerca de 25 anos, e como qualquer outro animalzinho de estimação, preciso receber os cuidados apropriados para sua espécie, uma boa alimentação, cuidados de limpeza e higiene e muito carinho.

Recebemos muitas dúvidas de donos, principalmente os novatos com aves, sobre deixar a calopsita voando ou pressa em uma gaiola. Então para ajudar os que também têm essa dúvida, vamos falar abaixo um pouco das duas opções. 

Calopsita na gaiola

Manter a ave na gaiola, talvez requer um pouco menos de presença do dono do que a calopsita voando. Porém o local que a ave irá ficar precisa ser adequado para que a calopsita consiga se movimentar sem apertos e também possa fazer voos curtos. Além disse q higiene deve ser mantida com rigor para prevenir doenças causados por fungos e bactérias. 

Calopsita voando

Há ainda aqueles donos que podem estar mais presentes e por isso desejam criar a calopsita voando. Para tal, o mais indicado é comprá-lo ainda filhote, e estabelecer um contato direto desde cedo para que ela fique mansa e domesticada. Além disso, manter a calopsita voando requer alguns cuidados básicos: 

  • Tela de proteção em todas as janelas; 
  • Manter um local (gaiola) com alimento, água e espaço para dormir;
  • Evitar o uso de ventilador de teto; 
  • Estabelecer períodos para que a ave fique livre para interagir com o dono e com a família. 

Corte de asa da Calopsita

Muitos que optam pela calopsita voando e ou mesmo aqueles que mantém o tempo todo em gaiola, por medo que a ave voe e desapareça, optam pelo corte de asa. E será que isso traz sofrimento ao animal? Em relação a isso não há com o que se preocupar. 

Desde que a calopsita seja levado a um veterinário que entenda de aves, não há sofrimento algum. Não há dor porque o que é cortado é apenas a pena, não afetando nenhum músculo ou veia. Porém é preciso respeitar a dinâmica de voo para que não cause nenhum problema, por isso é importante que quem faça o corte seja um profissional qualificado.

Ainda tem dúvidas sobre cuidados com sua ave? Entre em contato, temos veterinário especializado em aves. Acesse nosso site para mais informações.

 

 

Artigos Relacionados

Por que as consultas veterinárias são importantes para sua ave?

Quando falamos sobre cuidados com animais de estimação, muitas vezes, as aves podem ser deixadas de lado. No entanto, esses bichinhos merecem tanto cuidado quanto qualquer outro animal de estimação. Uma parte essencial desse cuidado é levar sua ave regularmente ao veterinário. Mas por que isso é tão importante? Exames de rotina e prevenção de […]

Cuidando das aves: A importância dos veterinários especializados

As aves são animais fascinantes e surpreendentes, mas também são seres que requerem cuidados específicos para garantir sua saúde e bem-estar. É por isso que contar com veterinários especializados em aves é fundamental para mantê-las felizes e saudáveis.  Os veterinários de aves são profissionais altamente treinados e especializados no cuidado e tratamento de aves de […]

Como cuidar de aves: 7 dicas

As aves estão se tornando as queridinhas dos lares por todo o Brasil. Calopsitas, canários e periquitos estão entre os mais buscados por quem deseja ter um pet em casa. Os animais com penas estão em segundo lugar na preferência dos tutores brasileiros (40 milhões), ficando atrás apenas dos cães (55 milhões). É isso mesmo: […]

CLÍNICA E PET SHOP

clinica@centralpet.vet.br
(31) 3332.5850
(31) 98303.7285

ESCOLA PET

escola@centralpet.vet.br
(31) 3024.5686
(31) 98304.0194
Rua Pedra Bonita, 899 - Barroca | CEP: 30.431-065 - Belo Horizonte/MG