Quero passear com meu cachorro de carro, tem perigo? -
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Quero passear com meu cachorro de carro, tem perigo?

Categoria: Clínica Veterinária Data: 25 de julho de 2019
Quero passear com meu cachorro de carro, tem perigo?

Amamos nossos cãezinhos e eles são, literalmente, membros amados de nossa família, escolhidos pelo coração, e sempre queremos passear com nossos cães. Por isso mesmo é importante não negligenciar certos cuidados quando os incluímos em nossa rotina. Isso garantirá seu bem-estar, segurança e alegria.

Um dos hábitos incorporados e que podem ser bem prazerosos é passear de carro.

Ficar atento à segurança e bem-estar do seu bichinho, é seu dever como tutor e poderá resguardá-lo de possíveis sustos, acidentes e multas ao passear de carro com seu cachorro! A legislação de trânsito atualmente prevê multa para carros que transportem cães com a cabeça e /ou tronco do lado de fora da janela. O cachorro deve ser acomodado no banco traseiro do carro, nas caixas adequadas de transporte, ou fazendo uso do cinto de segurança específico para cães. A ausência desse tipo de equipamento configura infração leve e pode render ao motorista uma multa de R$80,00 e 4 pontos na carteira.

O tutor deve se conscientizar de que o não cumprimento desses procedimentos de segurança pode facilitar muito a ocorrência de acidentes, em casos de freadas bruscas ou batidas. Isso coloca a todos (motorista, passageiros humanos e pets), em risco.

Evite também sair com seu cachorro em passeios ou viagens prolongadas nos dias muito quentes, e mantenha-o hidratado, tendo água fresca sempre disponível.

E atenção! Independente do porte, o cachorro não pode ser transportado na parte externa dos veículos! Essa configura uma infração grave e a multa é de R$127, 69 e 5 pontos na carteira.

Cães no colo ou soltos no banco do carona? Nem pensar!

Há à disposição nos pets shops, as chamadas grades de contenção, que são feitas de metal e limitam o espaço no banco traseiro. É importante, porém que seja estudada a sua colocação com o máximo de cuidado possível, sempre levando em consideração as características de seu animal e do seu carro, para evitar que ele se machuque! Há uma infinidade de modelos de cintos (com ou sem peitoral), cadeirinhas, materiais acolchoados seguros e que poderão propiciar o conforto e a proteção que seu bichinho merece.

No mais… aproveite para se divertir com ele em seus passeios de carro.

Quer saber mais? Tirar dúvidas? Falar com quem entende? Contate-nos 😉

Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?