Preparando a convivência entre o novo bebe e seu cão - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Preparando a convivência entre o novo bebe e seu cão

Categoria: Especialização em Raças Data: 15 de setembro de 2017
Preparando a convivência entre o novo bebe e seu cão

A chegada de um bebê na família é sempre um momento recheado de contradições e mudanças.

Se por um lado há alegria, celebração, expectativa, por outro lado há ansiedade, dúvidas, medos.

Quem ama seu cão deve ser programar para que o evento se dê da maneira menos traumática possível, pois o cão pode se associar a perda de atenção e carinho à chegada do bebê e por isso afastar-se dele ou até ficar deprimido.

Para que tudo se dê em clima de harmonia e tranquilidade é bastante interessante iniciar a adaptação antes da chegada do bebê. Isso evita bastante ansiedade e stress.

Reduzir o espaço do cão e a frequência de carinho e contato, gradativamente, pode parecer cruel, mas é positivo, uma vez que permitirá que o cão desassocie essa mudança ao novo membro da família.

Se for haver restrições ao acesso ao quarto do bebê e outras áreas da casa, comece um ou dois meses a por esta rotina em prática.

Comece a trazer produtos que “cheirem” a bebê para casa (lencinhos, cremes, fraldas, etc.). Vale tocar gravação de choro de bebês!

Deixe carrinhos e cadeirinhas na sala, para que o cão possa cheirá-los e reconhece-los com tranquilidade e ofereça petiscos a cada novo reconhecimento.

Uma boa ideia é carregar uma boneca como se fosse um bebê e andar com ele pela casa.

Na maternidade é interessante deixar paninhos, mantinhas em contato com o bebê e levá-los no mesmo dia para a caminha do bichinho para que ele sinta e reconheça o novo cheirinho.

A chegada em casa deve acontecer da forma mais natural possível.

Uma medida importante é nunca deixar o bebê sozinho com o cão.

É de vital importância que o bebê seja associado pelo cão a momentos prazerosos.

Faça o possível para dar a atenção necessária ao seu cãozinho nos horários de sono do bebê.

Para a criança nada pode ser mais saudável que crescer com um cão, mas é preciso observar todas as regras de segurança e lembrar-se de que o animal tem instintos e comportamentos que precisam ser previstos e levados em conta para uma convivência alegre e harmoniosa.

Muitas pessoas temem as “alergias a cães”, mas na verdade o grande vilão de alergias é o acaro. Por isso, se as medidas de higiene rotineiras forem cuidadosas e bem planejadas, esse tipo de problema não vai existir.

É preciso condicionar o cão a socializar com o bebê de forma extremamente positiva. Pode-se dar a ele seus petiscos favoritos sempre que estiver no ambiente do bebê.

Com amor e responsabilidade e mantendo a calma, as mudanças irão acontecer gradual e naturalmente.

Lembre-se de sempre checar a saúde do cão, paralelamente à do bebê. Peça ajuda ao médico veterinário e, conforme o bebê for crescendo, inclua o animal nas brincadeiras e passeios.

A amizade entre a criança e um cão é dos sentimentos mais belos e ricos que a vida pode proporcionar, lembre-se: você pode ser o agente dessa experiência.

Quer tirar dúvidas? Trocar ideias?

Entre em contato! 😉

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?