Os florais na veterinária - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Os florais na veterinária

Categoria: Auxiliar de Veterinário Data: 15 de setembro de 2017
Os florais na veterinária

O Dr Eduard Bach foi um patologista e bacteriologista inglês nascido em 1886. Aos 17 anos alistou-se na cavalaria, onde pôde desenvolver melhor seu amor pelos animais e pela natureza. Sempre acreditou que haveria meios de curar as doenças mais difíceis, até mesmo aquelas consideradas “incuráveis”.

Era um homem sensível, intuitivo e de um extraordinário poder de concentração. Ingressou na Faculdade de Medicina de Birmingham aos 20 anos, especializando-se em imunologia, bacteriologia e saúde pública. Logo após formar-se, casou-se e iniciou a carreira médica em um hospital de pronto socorro em Londres.

Ao observar seus inúmeros pacientes durante a primeira guerra mundial (ele foi o responsável por mais de 400 leitos) pôde perceber que a personalidade do paciente determinava muito mais reações que o próprio corpo físico.

Ficou viúvo da primeira esposa, casou-se novamente, teve uma filha e, em 1917 foi operado de um tumor. Seus colegas médicos lhe deram três meses de vida aproximadamente, mas assim que deixou o hospital iniciou uma intensa pesquisa sobre vacinas para doenças crônicas.

Começou a se sentir mais saudável e forte e determinou com veemência a importância do emocional no tratamento das doenças.

Deixou o cargo no Hospital da Universidade e abriu um consultório em 1919, atendendo a população pobre (sem lhes cobrar nada) e paralelamente ingressando no Hospital Homeopático de Londres.

Em 1930 decidiu deixar tudo para trás: fama, reconhecimento e até mesmo o casamento com a segunda esposa e partiu para a pesquisa de campo.

Escreveu trabalhos em que enfatizou, como fator determinante para a saúde, que o paciente  conhecesse a si mesmo, encontrando em seu próprio comportamento, personalidade e estilo de vida as causas de sua doença física.

O sistema completo dos florais que levam o seu nome exigiu muito dele, principalmente porque se fazia de cobaia, se auto ministrando as doses.

Faleceu aos 50 anos, em 1936, deixando esse chamado “Sistema de Florais” que é hoje utilizado e respeitado em todo o mundo.

Essa respeitabilidade e confiança se estendem aos animais na medicina veterinária. Como os animais hoje são, sem exagero, membros da família, é seguro dizer que eles absorvem e filtram a energia de seus lares. Por isso mesmo, não raro, o especialista prescreve tratamento aos tutores  também.

Os florais de Bach podem ser ministrados a todos os animais, de pequeno e grande porte.

Fatores determinantes na assertividade do tratamento- a genética, parto, a infância, temperamento e relacionamentos do paciente – devem ser realizados com cuidado especial.

Obviamente, muitas vezes não teremos todo esse precioso montante de informações a respeito de nossos bichinhos, mas podemos nos aproximar ao máximo de uma avaliação ampliada se coletarmos todos os dados que pudermos para otimizar diagnóstico e tratamento.

Uma observação muito importante é que Médicos Veterinários sejam consultados e que as farmácias procuradas sejam veterinárias, pois utilizam as bases adequadas ao organismo dos animais.

Quer saber mais? Detalhamentos? Opiniões do especialista?

Contate-nos! 😉

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?