Especial Raças: Gato de Bengala - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Especial Raças: Gato de Bengala

Categoria: Especialização em Raças Data: 10 de janeiro de 2018
Especial Raças: Gato de Bengala

O gato de Bengala ou Bengal, parece uma oncinha em miniatura!

É belíssimo, amoroso, ótima companhia e muito independente. Por tudo isso, vem se tornando um queridinho dos amantes de gatos.

A raça se origina dos Estados Unidos e é resultado do cruzamento entre gatos já domesticados e o gato leopardo asiático (que vive em regiões próximas ao Golfo de Bengala).

O gato de Bengala é de porte de médio a grande, é um gato forte e musculoso, sua cabeça é pequena em relação ao corpo, o focinho largo, cauda longa, olhos muito vivos e grandes.

Apesar da aparência “selvagem”, tem temperamento dócil e de fácil convivência.

Sua pelagem macia apresenta manchas arredondadas semelhantes às de uma onça.

É amigo, leal e amoroso e, diferentemente de várias raças de gatos, aprecia muito os banhos.

É naturalmente curioso e brincalhão. Gosta de interagir e é muito inteligente.

Alguns tutores dizem que, em algumas situações, ele chega a ter comportamentos semelhantes aos dos cães, pois não é incomum que peça atenção ou que os siga, aprenda truques, aceite coleiras e traga objetos jogados de volta.

Gosta muito de caminhar, correr ao ar livre, fazer escaladas e como já dissemos, brincar com água. É um verdadeiro atleta.

Adora ficar em locais altos e dali observar os “arredores”.

É bom que seu ambiente seja repleto de brinquedos e estímulos.

Sua saúde é muito boa, requerendo cuidados básicos de alimentação e saúde (vermífugos, vacinas).

A pelagem pode ser escovada quinzenalmente para evitar as “bolas de pelos” formadas por fios mortos.

As doenças mais comuns que afetam a raça são: luxação da patela (hereditária ou devido a traumas) e a hipoplasia cerebral (que pode afetar caminhada e equilíbrio).

Deve-se limpar seus ouvidos regularmente, pois produzem maior quantidade de cera que outras raças.

A castração é recomendada para amenizar, nos machos, o comportamento excessivamente dominante.

A alimentação deve ser devidamente orientada pelo médico veterinário, para que a manutenção da saúde seja adequada e a pelagem viçosa.

A vacinação padrão inclui raiva, rino-traquea, leucemia, panleucopia (doença infecciosa) e os protege eficazmente.

Certamente, ao conhecê-lo de perto, você se renderá aos encantos do Gato de Bengala.

Quer saber mais? Conversar com quem entende? Tirar dúvidas?

Contate-nos. 🙂

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?