Coprofagia – o que é? - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Coprofagia – o que é?

Categoria: Auxiliar de Veterinário Data: 21 de novembro de 2017
Coprofagia – o que é?

O nome é estranho, causa espanto. O que seria?

Esse é o nome científico dado ao ato de se comer fezes.

A palavra deriva do grego kópros (excremento) + phago (comer).

Apesar de causar espanto, ela é mais comum do que se imagina, o que não significa que não se deva estar atento a suas causas e procurar o tratamento adequado.

O problema pode ter causas fisiológicas, como por exemplo, se as fezes representarem nutrientes que sejam “atraentes” para ele.

Também há a possibilidade de o cão estar ansioso e assim a coprofagia ter causa mais comportamental.

Não importa a causa, é importante procurar um especialista para saná-lo.

Repreenda-o, recolha as fezes, mas o faça de forma firme sem excesso de rigor na reação.

Procure o especialista e observe sua rotina e de seu cãozinho para que possa fornecer detalhes que serão relevantes.

Já existem produtos para o combate ao problema, mas é necessário que a causa esteja bem definida.

É sempre interessante analisar o contexto, pois há situações especiais em que isso acontece apenas por instinto. Exemplos:

As mães com bebês novinhos comem as fezes dos filhotes no instinto de protegê-los, evitando que o cheiro das fezes atraia um “predador”.

Filhotes curiosos podem querer “experimentar” as fezes por um “instinto explorador”.

O importante, como já dissemos, é procurar um bom especialista que analisará causas fisiológicas e comportamentais baseadas nas suas informações e eliminando possibilidades (verminoses, por exemplo) com exames.

E, atenção, nunca esfregue o focinho dele no cocô, grite ou bata o jornal perto dele. O bichinho é inteligente e pode até querer “ocultar as evidências” comendo todo o cocô na próxima vez.

Confie no bom profissional que escolher para que juntos cheguem à solução eficiente do problema.

Saber mais? Conversar com um especialista? Tirar dúvidas?

Contate-nos!

 

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?