Agentes de dermatite canina que você pode ter em casa (e nem imagina) - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

Agentes de dermatite canina que você pode ter em casa (e nem imagina)

Categoria: Auxiliar de Veterinário Data: 1 de novembro de 2017
Agentes de dermatite canina que você pode ter em casa (e nem imagina)

A dermatite é um problema cotidiano dos cães.

Muitas vezes os tutores não sabem reconhecer, entender e tratar o problema. Realmente, o diagnóstico só pode ser feito pelo médico veterinário, uma vez que a gama de fatores causadores é enorme e os graus de intensidade e gravidade variam enormemente.

Algumas dermatites são mais comuns ,

como dermafitose, micose, escabiose, e a popularmente denominada “sarna”.

Devidamente diagnosticadas e tratadas, a maioria delas felizmente responde positivamente aos tratamentos.

É muito importante estar atento aos sintomas e condições para que se evite o agravamento nos pets e também uma possível contaminação da família.

Como as causas podem ser muitas, o tratamento só será efetivo com a detecção da sua causa. A partir daí ,o tratamento pode ser eficazmente ministrado sem grande demora ou complicações.

Vamos citar agentes, em sua casa, que podem estar causando alergias e outras reações em seu cãozinho e para os quais a família possa não ter atentado.

  • Sabões e sabonetes
  • Detergentes e solventes
  • Inseticidas
  • Plásticos, borrachas, materiais à base de petróleo
  • Corantes e conservantes
  • Perfumes
  • Cigarros
  • Até mesmo produtos veterinários aos quais o bichinho pode apresentar reação alérgica.

É importante considerar que certas raças têm pele muito sensível ou com muitas dobras ou características que acentuam a possibilidade de aparecimento da dermatite. Algumas delas: Lhasa apso, Shitzu, Pug, Sharpei, West Highland White terrier, Boxer, Labrador, Buldog inglês entre outros.

Ainda é importante ressaltar que, estresse, distúrbios emocionais, situações inusitadas, doenças glandulares podem desencadear quadros de problemas de pele. Por isso é muito importante sempre observar e a qualquer alteração consultar o médico veterinário, fornecendo a ele o máximo de informações que possam ajudar no diagnóstico e, no tratamento mais rápido e eficaz.

Quer tirar dúvidas? Saber mais? Conversar com um especialista?

Contate-nos! 😉

 

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?