A higiene em casa para quem tem cães e gatos - Central Pet
Clínica, Hotelzinho e PetShop: (31) 3332.5850 (31)9 8303-7285 | Escola (cursos): (31) 3024.5686 (31) 983040194

A higiene em casa para quem tem cães e gatos

Categoria: Especialização em Raças Data: 15 de setembro de 2017
A higiene em casa para quem tem cães e gatos

Um bichinho em casa é sempre motivo de alegria. Sempre pensamos na sua saúde e bem estar: rações, vacinas, consultas, banhos, tosas, medicamentos, brinquedos acessórios… Sim, tudo isso é muito importante e deve ser pensado e supervisionado com cuidado e carinho.

Mas às vezes, um item de enorme importância para o pet e seu tutor – e família – pode passar despercebido: as mudanças na higiene e tratamento do lar.

É essencial criar uma rotina de limpeza que ,com o passar do tempo ficará cada vez mais ágil, prática e incorporada ao dia a dia da casa.

É interessante usar o aspirador de pó como parceiro, principalmente em cortinas, persianas, tapetes, almofadas e colchas.

Um pano úmido com produto específico para odores encontrado em pet shops também é de grande valia, já que não só esses produtos eliminam cheiros, mas têm agentes antifúngicos e antibacterianos.

A casinha, a caminha, mantas e colchas dos bichinhos devem ser higienizadas com mais cuidado aproximadamente  uma vez por mês.

É adequado um pano com álcool no uso geral ,pois é mais suave e não contém elementos ou componentes mais agressivos.

Deixar que os ambientes recebam luz do sol durante um período e mantê-los arejados também é bastante salutar.

Para lugares em que se concentre algum odor indesejável, uma mistura de água e vinagre branco (3 colheres de sopa de vinagre branco para cada litro de água) sempre é eficaz.

Os vasilhames e potinhos devem estar sempre limpos, a água fresca e deve-se limpá-los com detergente neutro.

Tenha sempre cuidado extra ao escolher os produtos que irá utilizar na limpeza da casa, pois devemos nos lembrar que nossos bichinhos estão em constante com o chão e produtos muito agressivos podem causar irritações, alergias e em casos extremos, até intoxicação e morte.

Fique de olho nas embalagens e rótulos e não use produtos que contenham amônia, ácido sulfúrico, clorídrico ou oxálico.

Parcimônia ao utilizar cloro também é uma boa medida. Não utilize produto à base de amônia, já que seu odor é confundido com o de urina pelos cães.

Na hora da dedetização de seu lar é sempre importante pedir instruções e indicações a seu médico veterinário para que tudo seja feito dentro da forma mais segura e eficaz.

Outro lembrete é importante na conversa com o veterinário: para afecções de pele, alergias e principalmente o tratamento antipulgas é de primordial importância que o ambiente – e não só o pelo do bichinho – seja tratado, preferencialmente de forma preventiva.

É muito importante também que o “banheirinho” deles seja limpo com frequência e o jornal ou tapetinho trocado. Isso evita acúmulo de bactérias e evita doenças.

Sempre ajuda escolher tecidos e materiais que favoreçam a higiene e limpeza da casa!

O uso de alguns sprays e aromatizantes para ambientes dá o toque final de frescor e limpeza.

E nunca se esqueça de que, a exemplo do que acontece com as crianças, os bichinhos são cheios de energia e curiosidade, mantenha o arsenal de limpeza em local seguro e a salvo de seu alcance.

Lembre-se sempre, a rotina de higienização dá trabalho, mas com o hábito,  fica cada vez mais rápida e incorporada à vida da família.

Isso implicará em saúde e qualidade de vida para tutores e pets.

Tem dúvidas? Quer saber mais?

Contate-nos! 😉

Tags:
Compartilhe este post:
Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?